Prime Time

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vitae sed pretium ullamcorper facilisis vitae. A eget egestas molestie mattis massa, lacus vel aliquam malesuada.

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Risco Brasil segura melhora do mercado

    A comentarista de economia da CNN Thais Herédia ouve especialistas sobre esses e outros temas que mexem com a economia e influenciam o mercado

    Abertura de Mercado
    Abertura de Mercado CNN

    Thais Herédiado CNN Brasil Business*

    São Paulo

    Ouvir notícia

    Nesta quarta-feira (25) o mercado manteve no ritmo do dia anterior, não na mesma intensidade, com bolsa subindo e dólar caindo, contaminado pelos bons resultados em Wall Street.

    O aguardado julgamento do STF sobre a autonomia do Banco Central foi suspenso, e deve ser retomado nesta quinta-feira (26). Mas esse assunto acaba ficando em segundo em plano para a população, que está de olho mesmo é na conta de luz.

    Até o final desta semana, devemos ter o anúncio de uma nova bandeira tarifária, que atualmente está em R$ 9,49. Técnicos da própria Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) apontam que ela deveria ser de R$ 11,00.

    Esse é só uma das consequências da crise hídrica que o país atravessa e que também preocupa o mercado. Nesta quarta, o ministério de Minas e Energia (MME), baixou decreto para reduzir o consumo nos prédios públicos e, até setembro, deve divulgar um programa de “redução voluntária” entre consumidores residenciais. Ainda assim, a palavra ‘racionamento’ é rejeitada em Brasília.

    Outro tema desconfortável e que é impactado pela conta de energia é a inflação. O IPCA-15 divulgado nesta quarta mantém o alerta ligado. Conhecido como prévia da inflação oficial, foi a 0,89% em agosto. O resultado é o maior para um mês desde 2002, quando atingiu 1%. O alerta, por enquanto, está na indústria e a dúvida é quanto da alta desse custo será repassada ao varejo e, por consequência, ao consumidor.

    Já a arrecadação federal animou. Em mais um recorde, a arrecadação federal registrou o melhor resultado para meses de julho em toda a série histórica, iniciada em 2000. No total, foram recolhidos R$ 171,270 bilhões em impostos e contribuições em julho. O número representa alta real de 35,47% ante mesmo mês de 2020.

    Neste episódio do podcast Abertura de Mercado, a comentarista de economia da CNN Thais Herédia ouve especialistas sobre esses e outros temas que mexem com a economia e influenciam o mercado.

    Conheça os podcasts da CNN Brasil

    E Tem Mais
    Abertura de Mercado
    Horário de Brasília
    CNN Mundo
    Alma do Negócio
    Entre Vozes
    5 Fatos
    Na Palma da Mari

    Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

    *Publicado por Ana Carolina Nunes

    Mais Recentes da CNN