Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Casa na propriedade dos assassinatos de Charles Manson é vendida por US$85 milhões

    A mansão em Beverly Hills pertence atualmente a Jeff Franklin, produtor de Hollywood e criador da série "Três é Demais"

    Casa que pertence a Jeff Franklin foi construída na mesma propriedade onde ocorreram cinco dos assassinatos cometidos pelos membros do culto de Charles Manson
    Casa que pertence a Jeff Franklin foi construída na mesma propriedade onde ocorreram cinco dos assassinatos cometidos pelos membros do culto de Charles Manson Altman Brothers

    Toyin Owosejeda CNN

    Ouvir notícia

    Jeff Franklin, produtor de Hollywood e criador da série da ABC “Três é Demais”, colocou sua mansão extravagante em Beverly Hills à venda por 85 milhões de dólares (cerca de 468 milhões de reais).

    Conhecida como propriedade Cielo, a casa de 1.950 metros quadadros de inspiração andaluza ostenta nove quartos e 18 banheiros.

    O terreno ao estilo resort possui uma piscina de 68 metros com um trio de cachoeiras, duas banheiras de hidromassagem, um tobogã de 10 metros, um bar, um tanque de carpas e uma piscina de correnteza, diz o anúncio imobiliário.

    As comodidades incluem uma sala de cinema, spa, academia, cabeleireiro, sala de bilhar e bar / Altman Brothers

    Enquanto o anúncio diz que a propriedade, perto da vizinhança reclusa de Benedict Canyon, exibe “luxo inigualável no CEP mais desejado do mundo”, ele não menciona a história triste do local.

    Construída em 1996, a Cielo ocupa o terreno previamente conhecido como 10050 Cielo Drive, onde cinco dos assassinatos cometidos pelo culto da Família Manson ocorreram.

    A propriedade de 1.950 metros quadadros de inspiração andaluza possui nove quartos e 18 banheiros com os jardins em estilo resort / Altman Brothers

    Em 1969, a atriz Sharon Tate, o adolescente Steven Parent, a herdeira do café Folger Abigail Folder, o aspirante a escritor Wojciech Frykowski e o cabeleireiro Jay Sebring foram mortos por três membros do culto, que invadiram a propriedade, que era de Tate e seu marido, o diretor de cinema Roman Polanski.

    Os assassinatos ocorreram tanto dentro e fora da casa original do terreno, que era menor e foi demolida em 1994.

    Sharon Tate e outras quatro vítimas foram mortas na 10050 Cielo Drive / Reprodução

    Franklin, que também produziu “Hangin’ with Mr. Cooper” e “Malcom & Eddie”, pagou pouco mais de US$ 6 milhões (cerca de R$ 33 milhões) quando comprou a casa não finalizada há duas décadas, de acordo com o Wall Street Journal. O astro de 66 anos melhorou a mansão significativamente com a ajuda do arquiteto Richard Landry.

    O roteirista nascido em Inglewood disse ao veículo que a conexão com os assassinatos de Manson era “irrelevante” e “história antiga”, acrescentando: “Não tem nenhum impacto na minha vida”.

    A casa Cielo está sendo corretad pelos irmãos Josh e Matt Altman, conhecidos por aparecerem no programa do canal Bravo!, “Million Dollar Listing Los Angeles.”

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN