Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Embaixada russa nos EUA chama de “provocativos” comentários sobre armas químicas

    Porta-voz do Departamento de Estado americano disse que os EUA estavam "preocupados" com o uso dessas armas na Ucrânia

    Uma grande coluna de veículos militares russos é vista perto de Matveev Kurgan, um assentamento na região russa de Rostov.
    Uma grande coluna de veículos militares russos é vista perto de Matveev Kurgan, um assentamento na região russa de Rostov. Telegram

    Claire SebastianSophie Jeongda CNN

    Ouvir notícia

    A Embaixada da Rússia em Washington disse que as declarações do porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Ned Price, sobre a possibilidade de a Rússia usar armas químicas na Ucrânia foram “provocativas” e “ociosas”, em comentários postados no Facebook na terça-feira (12).

    “Tomamos nota das declarações provocativas feitas pelo secretário de imprensa do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price, em um briefing em 12 de abril”, disse a embaixada. “Ned Price mais uma vez se destacou por sua conversa fiada, não fundamentada por uma única evidência.”

    A embaixada disse que as forças armadas russas “não têm e não podem ter nenhum agente de guerra química à sua disposição, porque nosso país eliminou todos os estoques de armas químicas em 2017”.

    “A informação confirmada pelo Ministério da Defesa russo sobre a preparação de provocações por radicais ucranianos com o uso de produtos químicos é preocupante. Também temos dúvidas sobre a origem dessas substâncias”, acrescentou a embaixada.

    Os comentários foram em resposta a Price dizendo que os EUA estão “preocupados” que a Rússia “pode ​​tentar recorrer a armas químicas”, durante um briefing na terça-feira (12).

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN