Prime Time

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vitae sed pretium ullamcorper facilisis vitae. A eget egestas molestie mattis massa, lacus vel aliquam malesuada.

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    São Silvestre exigirá uso de máscara apenas em alguns trechos da corrida

    Regulamento publicado pelos organizadores também incluem os horários de largada da 96ª edição do evento

    Última edição da corrida de São Silvestre foi em 2019, antes da pandemia de Covid-19
    Última edição da corrida de São Silvestre foi em 2019, antes da pandemia de Covid-19 Rovena Rosa/Agência Brasil (31.dez.2019)

    João Pedro Malarda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    Os organizadoras da corrida de São Silvestre, que ocorrerá no dia 31 de dezembro em São Paulo, definiram neste sábado (18) as regras que os participantes precisão cumprir, incluindo as sanitárias. Os corredores não precisarão usar máscara em todo o percurso da corrida, de 15 quilômetros, ficando obrigatório o uso na largada, na chegada e em locais de concentração.

    Mesmo com a liberação para o resto da corrida, o regulamento da 96ª edição do evento recomenda que o uso ocorra “sempre que possível em todos os momentos durante o percurso para segurança dos participantes”. Outra recomendação é que os corredores levem uma máscara reserva e produtos de higienização pessoal.

    De acordo com o regulamento, a decisão foi tomada levando em conta o cenário atual da pandemia no estado de São Paulo, com prorrogação de decretos de quarentena e algumas cidades do interior retomando lockdowns. A última edição, de 2020, foi cancelada devido à pandemia.

    É determinado, ainda, que, caso a prova tenha de ser adiada devido a questões ligadas à pandemia, as inscrições já realizadas serão mantidas, com o evento sendo transferido ou para 10 de julho ou 31 de dezembro de 2022. No dia 3 de dezembro, o secretário da Saúde de São Paulo disse à CNN que o evento está mantido.

    Os atletas inscritos na competição precisarão apresentar uma versão impressa do comprovante de vacinação para a Covid-19, com duas doses ou dose única. Caso o esquema vacinal esteja incompleto, será necessário apresentar um teste negativo para a Covid-19 do tipo RT-PCR, com validade de 48 horas, ou um teste de antígeno com validade de 24 horas.

    O regulamento também inclui os horários de largada para os participantes. Os atletas cadeirantes sem guia largam às 7h25, e os com guia, 8h05, mesmo horário de atletas com deficiência. Para os atletas de elite, o pelotão masculino larga às 8h05, e o feminino, 7h40. Os atletas da categoria geral e premium largam às 8h05.

    Para participar da prova, é necessário antes retirar um kit fornecido pelos organizadores, entre os dias 27, 28 e 29 de dezembro das 9h às 20h, ou no dia 30 de dezembro, entre 9h e 16h. A largada será na Avenida Paulista, na altura do número 2000, com a chegada também na avenida, mas no número 900. Confira o regulamento completo.

    A Corrida de São Silvestre já se tornou uma tradição no fim de ano paulistano. Em 2019, último ano em que a corrida ocorreu, foram cerca de 35 mil participantes. O evento é realizado pela Fundação Cásper Líbero, com apoio do governo do estado de São Paulo e da prefeitura da cidade.

    Cuidados básicos para se prevenir contra gripe e Covid-19:

    Mais Recentes da CNN